Bolsonaro orientou Regina Duarte a não financiar pauta LGBT na Cultura

Congresso em Foco – Em período de testes à frente da secretaria de Cultura, a atriz Regina Duarte foi orientada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a não dar nenhum dinheiro para projetos com pautas de esquerda, principalmente os de temática LGBT. As informações são do Globo.

A orientação vai de encontro com o histórico da pasta após a eleição do militar, quando passou a censurar determinados temas, suspendendo, inclusive, um edital de fomento à séries sobre diversidade de gênero e sexualidade. O episódio levou à demissão do primeiro chefe da área no governo, Henrique Pires, que criticou a suspensão.

Já o sucessor de Pires, Roberto Alvim, defendia o processo de escolha temática da secretária. Em uma live um dia antes de ser demitido após publicar um vídeo com referências nazistas, Alvim e Bolsonaro defenderam a postura do governo em relação ao setor. De acordo com Bolsonaro, o governo “nunca censurou nada”, mas criou uma “curadoria”. “Pode fazer, mas não com dinheiro público”, defendeu Bolsonaro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.