Ministério da Economia já admite rever teto de gastos

Parte da equipe econômica admite rever o teto de gastos.  A condição é adotar medidas que permitam mexer nas despesas obrigatórias, como gastos com salários de servidores.

A discussão, diz essa ala, vai se impor no debate do Orçamento de 2021. Chegar à compressão de custos necessária será missão impossível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.