“Salles e Bolsonaro são combustível do desastre ambiental”, diz Roberto Freire

Em meio ao avanço dos incêndios no Pantanal, o presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, divulgou uma nota dizendo que “o Congresso precisa reagir”.

“Ricardo Salles e Jair Bolsonaro são combustível do desastre ambiental”, disse.

Ele criticou o Parlamento, onde há 8 deputados e 3 senadores de seu partido.

“É inexplicável que o Congresso Nacional acompanhe passivamente a destruição da política ambiental brasileira. Tal omissão histórica será cobrada dos atuais mandatários, se nada for feito.”

Freire continuou:

“Onde estão as comissões de Meio Ambiente do Senado e da Câmara? A continuar se omitindo, o Legislativo se associa ao descalabro do laissez-faire bolsonarista, para o qual, desde a chegada do atual projeto político ao poder, todos os dias são ‘Dia do Fogo’. A leniência com que o ministro do Meio Ambiente e o presidente tratam o assunto e o ‘passar-de-panos’ do vice Hamilton Mourão têm funcionado como senhas para o liberou-geral.”

O Antagonista*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.