Secretário do governo Bolsonaro pede demissão após discordar de uso da cloroquina em pacientes com Covid-19

O governo federal exonerou o secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos em Saúde do Ministério da Saúde, Antonio Carlos Campos de Carvalho. Ele era o responsável pela incorporação de medicamentos ao Sistema Único de Saúde (SUS).

A exoneração foi publicada na edição da madrugada desta sexta-feira (22) do Diário Oficial da União. A exoneração aconteceu “a pedido”, segundo decreto assinado pelo Ministro da Casa Civil, general Walter Souza Braga Netto.

Carvalho, que ficou no cargo por 18 dias desde sua nomeação, havia declarado a imprensa que era contra o novo protocolo para uso da cloroquina em pacientes com primeiros sintomas de Covid-19. Em entrevista a Folha, o então secretario disse que deixaria o cargo por considerar precipitada a mudança de protocolo da medicação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.