STF discute estratégias para afastar Cunha da presidência da Câmara

O STF (Supremo Tribunal Federal) debate dois caminhos possíveis para o caso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Um deles, mais radical, prevê o afastamento definitivo do deputado da presidência da Câmara dos Deputados.

Há outro, intermediário: o peemedebista só seria afastado quando Michel Temer viajasse. Assim, não assumiria a Presidência da República.

Mônica Bergamo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.