Além de 40 internos, 17 policiais penais estão com Covid-19 na Penitenciária de Caicó. Procedimentos e protocolos são revistos

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) identificou 17 policiais penais e 40 internos da Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, infectados pelo novo coronavírus (Covid-19). Diante do quadro, o Comitê de Crise da Seap foi enviado a unidade prisional para tomar as providências que o caso requer. Procedimentos e protocolos foram revistos e a penitenciária isolada. Todos os infectados apresentam sintomas leves da doença e são acompanhados pela equipe de saúde prisional.

A Seap determinou a suspensão das televisitas, teleatendimentos e videoconferências envolvendo internos e a bloqueou a movimentação de presos dentro da penitenciária. A medida foi comunicada pela Coordenadoria de Administração Penitenciária (Coeape) ao Poder Judiciário, Ordem dos Advogados do Brasil, Defensoria Pública e Ministério Público. As secretarias municipal e estadual também foram informadas sobre o caso. Os familiares dos doentes foram avisados imediatamente.

Os internos idenfiticados com a infecção estão numa ala separada onde recebem total atenção. Os demais são monitorados diariamente pela equipe de saúde. A unidade abriga 434 homens e 52 mulheres, todos do regime fechado. A ala feminina não foi atingida. Já os policiais penais foram afastados do trabalho e se recuperam em casa, sem maiores complicações de saúde.

A Coeape fiscaliza os procedimentos de higienização diária e de segurança contra o coronavírus in loco. Nesta quarta-feira, dia 8, a penitenciária será desinfectada com o uso de um equipamento especial de pulverização por policiais treinados em desinfecção com foco no combate ao vírus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.