Ratificando: Batata nega dar gratificação de 300 reais a profissionais de saúde, mas quer dar boas gratificações a alguns cargos de sua confiança

O prefeito de Caicó, Batata, se negou, vetou um projeto que garantia uma gratificação de 300 reais para os profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate ao Covid-19. Profissionais que arriscam suas próprias vidas, ajudando a combater a pandemia na linha de frente.

Mas…

Ao mesmo tempo que vetou esse projeto das gratificações para os profissionais de saúde o prefeito Batata, envia a Câmara municipal um projeto, que concede grandes aumentos salariais a alguns servidores com o disfarce de adicional de Produtividade e aumento aos procuradores do Município.

Para o prefeito há crise financeira pra ajudar os grandes profissionais de saúde. Mas, não existe crise nenhuma para ajudar FINANCEIRAMENTE, algumas pessoas que estão, em sua sua maioria como cargos de confiança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.