Leleu Fontes: “Falta força política da parte de Vivaldo para resolver as demandas de Caicó”

A comissão formada pelos vereadores Leleu Fontes Almir Filho, Cláudio Sandêgi, Miltão Batista e Lobão Filho concluiu relatório de visita realizada ontem (28) ao Hospital Regional do Seridó e ao DETRAN, para verificar “in loco” uma série de reclamações e denúncias referentes a essas entidades.

O Hospital Regional do Seridó apresentou, provavelmente, a situação mais delicada. A empresa terceirizada para serviços de limpeza e segurança, a JMT, está em atraso com os funcionários, sucateamento de equipamentos como a autoclave usada para desinfecção, maquinário da lavanderia e o aparelho de raios-X, além do problema de abastecimento de medicamentos. A falta de orçamento próprio não permite ao Hospital sequer trocar uma lâmpada, abastecer o veículo de serviço ou fornecer copos descartáveis de maneira regular.

A Circunscrição Regional de Trânsito de Caicó (Ciretran), ligada ao Detran, está quase em situação de inoperância. A começar pelo sistema de informática obsoleto, os despachantes que reclamam da falta de celeridade nos serviços e até papel para confecção de documentos chegou a faltar.

A ausência de convocação de candidatos aprovados no último concurso público trás mais dificuldades ao bom atendimento, já que há déficit de pessoal na unidade local. Para se ter uma idéia, Caicó precisaria de dois vistoriadores, mas existe apenas um funcionário nesse setor.

O presidente da Câmara, Leleu Fontes, chegou a criticar o deputado Vivaldo Costa, que se apresenta como uma espécie de interlocutor do município com o Executivo. “Ele podia muito bem estar resolvendo as questões mais elementares, mas infelizmente Vivaldo não está tendo o prestígio devido junto ao governo do estado. Falta força política da parte dele para resolver essas demandas”, disse Leleu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.