Procurador-Jurídico do Município, explicou a suspensão do Projeto Lugares de Charme em Caicó

Em entrevista ao Panorama 95 e a Rádio Povo FM desta sexta-feira (24), o Procurador-Jurídico do Município de Caicó, Sérgio Magalhães explicou que a motivação para a Gestão Marcos do Manhoso ter suspendido a execução do Projeto Lugares de Charme, foi a existência de qualquer legalidade jurídica no processo. Em parceria com o Sebrae, o Projeto beneficiaria a revitalização do Mercado Público.

“É um projeto que infelizmente está totalmente fora das normais legais. Sabemos da importância dele para o Município, tem pessoas empenhadas nele, mas minha função como Procurador é zelar pela legalidade. E não existe nenhuma possibilidade jurídica de dar continuidade a esse projeto, da forma como ele foi feito”, explicou Dr. Sérgio.

Na entrevista, o procurador deixou claro que se reuniu com diretores do Sebrae, ainda nesta quinta-feira (23), explicou todas as razoes para a suspensão do projeto, e o próprio Sebrae teria concordado com as argumentações jurídicas. “O Projeto Lugares de Charme não acabou, vamos começar do zero, corrigir todas as falhas, e ele será realizado porque sabemos da sua importância”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.