Reunião discutiu trabalho do Agente de Proteção à infância e juventude, em Caicó

0
410

Membros da Comissão Especial de Constituição do Grupo de Agentes de Proteção à Infância e Juventude de Caicó estiveram reunidos nesta sexta-feira (13/09) no auditório da 10ª DIREC com representantes dos Operadores do Sistema de Justiça, Sociedade Civil, Sistema de Segurança, Conselho Tutelar, Assistência Social, Saúde, Educação e Turismo. A pauta da reunião foi o Marco Legal de constituição, divulgação e sensibilização, inscrição, processo seletivo e processo formativo.

“Essa é uma ação de expressiva envergadura com foco na prevenção e também de defesa e promoção dos direitos de nossas crianças e adolescentes. Com essa iniciativa coletiva da Rede de Proteção a Criança e ao Adolescente de Caicó estamos dando mais um passo com respostas adequadas a essa problemática, e outras que dizem a resposta a política de atendimento da criança e do adolescente. Uma resposta a sociedade de atuação planejada e calcada nos princípios legais do ECA e da atuação ética e profissional para os agentes de proteção na defesa dos direitos do público infanto-juvenil”, relatou Santiago Júnior, gestor da Aldeia SOS de Caicó e articulador institucional da rede de proteção.

Otrabalho prestado pelo Agente de Proteção configura serviço voluntário, sem remuneração, prestada por pessoa a entidade pública cuja finalidade é educacional e de prevenção especial em favor da proteção e da garantia de direitos de crianças e adolescentes. Os agentes auxiliam o trabalho da Justiça Infanto-juvenil na defesa dos direitos das crianças e dos adolescentes atuando em ações de fiscalização, prevenção e orientação.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here