Espaço do Leitor

1
274

Ainda dar tempo para melhorar o presente de grego

Os servidores da rede municipal de educação de Caicó tiveram uma surpresa nada agradável nessa quarta feira. Aqueles que se dirigiram aos caixas eletrônico do Banco Bradesco na esperança de sacar aquele dinheirinho para o ano novo se depararam com a conta vazia.

Procurei informação na prefeitura e me disseram que houve um erro técnico na folha de pagamento e que, por isso, o pagamento foi efetuado e que provavelmente só será feito na próxima semana.

Depois daquele “errinho” no pagamento do décimo será que teremos que amarga uma entrada de ano pulando Saci-Pererê com o pé esquerdo?

Tudo bem! Até concordo que errar é humano, mas ter sensibilidade também é.

Espero que o pessoa da equipe de finanças e da prefeitura sejam sensíveis as centenas de pais e mães que passam o ano servindo ao público caicoense e que corre o risco de não poder usufruir de um momento de lazer com sua família e seus amigos.

Com boa vontade, sensibilidade e até com umas horinhas extras dar para fazer essas famílias felizes nesse fim de ano.

Por: Professor Thiago Costa

1 COMMENT

  1. DE ERRINHO EM ERRINHO… VAMOS CHEGANDO A INCOMPETÊNCIA

    CARO ROBERTO FLÁVIO, é impressionante como estes “errinhos” como diz Thiago Costa, só acontecem com “ÔNUS” ou seja prejuízo para os professores, já que se sabe que estes erros vem se acumulando a cada dia e o pior é o tratamento VIP, que as “técnicas” dos Recursos Humanos vem tratando os funcionários que ousam perguntar os “porquês” de tantos errinhos, praticamente são enxotados de forma fria e indiferente, como se os funcionários estivessem ali pra pedir algum benefício ou algum favor, quando estão alí para cobrar os seus “direitos”. Isto quando são atendidos, pois quase sempre são atendidos com um sorriso irônico no canto dos lábios – “tipo: E eu com isso…”, pois nunca se viu tantos erros e tanta frieza. Porém, nós professores temos que aceitar os “errinhos das técnicas” e passar o fim do ano sem dinheiro para pagar água, luz, aluguel, supermercados, e outras coisas mais. Ai cabe a pergunta, será que outros funcionários tipo: Prefeito, secretários, coordenadores, ou mesmo as “técnicas” ficaram sem dinheiro?. Gente sejamos práticos, as folhas de pagamento do municipio são preparadas nos primeiros DEZ (10) dias de cada mês, e este tempo todo não deu pra detectar os “errinhos”. Ora faça-nos um favor coloquem pessoas competentes para controlar, um instrumento tão importante para os quase dois mil funcionários que a prefeitura municipal comporta e deixe para as técnicas, um curso de relações humanas para ver se elas aprendem a atender os funcionários com mais humanização… talvez aí daremos um fim aos “errinhos”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here