Esposa do presidente do TCE é acusada de distribuir propina na Calvário

A delação da ex-secretária Livânia Farias cai como uma bomba em vários poderes paraibanos. Nem mesmo o atual presidente do Tribunal de Contas, Arnóbio Viana, escapa. O Fonte83 teve acesso, com exclusividade, a um trecho da delação de Livânia onde a esposa de Arnóbio, Georgiana Cruz, é citada e acusada de distribuir R$ 50 mil em propina dentro do TCE para que auditores fiscais resolvessem as contas do ex-governador Ricardo Coutinho.

Na delação, Livânia conta que certo dia “Georgiana a chamou para conversar alegando que tinha um recado, onde a mesma disse que teria que passar a quantia de 50 mil pra ela pois tinha uns auditores que estavam querendo dinheiro senão iria dar tudo errado na conta do governador”.

As confissões de Livânia envolvendo a esposa do presidente do TCE são mais um capítulo da investigação precisa do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Estado (MPPB), que desmantelou o que eles classificam como uma organização criminosa que desviou dinheiro do Saúde e da Educação da Paraíba e envolve personagens dos Poderes Executivo, Legislativo e também o TCE.

Catolé News*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.