15º Encontro Nordestino de Leite e Derivados começa nesta segunda em Parnamirim

0
31

O leite e seus derivados serão o centro do debate a partir de segunda-feira (5) em Parnamirim: começa a 15ª edição do Encontro Nordestino de Leite e Derivados – Enel, que vai reunir produtores de leite e queijos de todo o Nordeste para trocar conhecimentos, acessar inovações tecnológicas e realizar novos negócios. O evento acontece no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, e é promovido pelo Sebrae em parceria com o Governo do Estado.

Em torno de 1.500 produtores de leite e derivados de todo o Rio Grande do Norte devem participar do encontro, além de estudantes da área, gestores e técnicos de políticas públicas, microempresas e empresas de pequeno porte. “Os estados do Nordeste possuem características muitos semelhantes, daí a importância de se reunir e discutir juntos os principais problemas que atingem o setor produtivo e soluções possíveis, contribuindo assim para o desenvolvimento da cadeia, melhoria da produtividade e agregação de valor para o setor, fortalecimento da produção e valorização do nosso queijo de coalho e de manteiga no mercado nacional”, destaca o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro.

Além de palestras sobre técnicas de produção, agregação de valor e convivência com o semiárido, a programação do 15º Enel envolve trocas de experiência entre produtores de outros estados, premiação de queijos regionais (coalho e queijo de manteiga); espaço gastronômico com degustação de receitas com queijos regionais; “dias de campo” com práticas de manejo, sanidade, legislação e vacinação; disseminação de tecnologias; leilão e exposição de animais, máquinas, equipamentos  e implementos agrícolas e demonstrações de fabricação de queijos.

O Governo do Estado apoia o Enel através do projeto Governo Cidadão com recursos do Banco Mundial, das secretarias de Agricultura (Sape), de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), Emater, Emparn, Idiarn, em parceria com a Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc) e Faern/Senar. A abertura está marcada para esta segunda às 19h e o evento segue na terça (6) e quarta (7) com programação extensa e diversificada.

 

Governo investe mais de R$ 31 milhões na cadeia do leite

O Governo do Estado, consciente da importância da cadeia do leite para o desenvolvimento econômico e social do RN, está investindo mais de R$ 31 milhões em ações que vão desde a melhoria da produção primária da cadeia, até a abertura de mercados para comercialização dos produtos do leite e seus derivados.

Na produção primária, o subsídio foi em torno de R$ 10.172.257,00, com recursos destinados à produção e distribuição de palma adaptável ao clima e resistente às pragas e doenças mais comuns na região; incentivo à cultura e planejamento da produção do volumoso por meio da silagem; equipamentos para armazenagem e escoamento da produção do leite;  e melhoramento genético do rebanho, além de ações integradas para capacitação, extensão rural e troca de experiência para os agricultores, envolvendo a Emparn, Idiarn e Emater.

Em paralelo, estão sendo realizados investimentos diretos na construção e equipagem de 42 queijeiras aptas à certificação para produção de queijos e outros derivados, com repasses de recursos aos produtores de associações e cooperativas na ordem de R$ 21.596.424,00, com priorização das queijeiras artesanais predominantemente na região Seridó.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here