Emater-RN e Governo Cidadão finalizam Primeira Jornada de Manejo Integrado

0
31

Encerrando a agenda de Manejo Integrado de Pragas – MIP de julho, agricultores da Região do Mato Grande participaram da oficina teórica e prática de “Manejo sustentável de pragas e doenças na cultura da bananeira: experiências exitosas em Rio do Fogo” e com a visita técnica ao assentamento Paraíso São Francisco, em Punaú.

Participaram cerca de 80 pessoas entre agricultores familiares do Rio do Fogo, Ceará-Mirim, Maxaranguape, Touros e São Gonçalo assistidos pela Emater-RN e o Governo Cidadão. A Prefeitura do Rio do Fogo apoio a ação por meio da Secretaria Municipal de Agricultura.

Após a palestra teórica, os agricultores foram a campo visitar a plantação de bananeiras e viram na prática técnicas de manejo com o engenheiro agrônomo/pesquisador da Embrapa – Tabuleiros Costeiros, Marcos Moreira, que explicou sobre o uso de armadilhas ecológicas, demonstrando o tipo telha com a própria bananeira. Também mostrou a armadilha com material reciclado, com garrafas pets ou galão. Falou sobre sigatoka amarela na folha como evitar e tratar. Mostrou e explicou sobre a praga do “moleque da bananeira”. Os agricultores puderam tirar dúvidas e trocar experiencias.

No Assentamento Paraíso São Francisco, em Punaú, 25 sócios, todos agricultores familiares, trabalhando em 85 hectares com a cultura da banana pacovan. O agricultor familiar João Maria Miocheles (Nino), um dos sócios, utiliza o manejo sustentável e nunca usou agrotóxicos na sua plantação. “com o manejo sustentável nossas bananas são mais naturais e não prejudica nossa saúde, tanto de quem planta quanto de quem consome”.

Para o diretor geral da Emater-RN, “A jornada é uma ação estratégica que possibilita os agricultores familiares acesso ao conhecimento e tecnologias do Manejo Integrado de Pragas que é essencial, é uma condição base, para a produção de alimentos saudáveis. O Governo Cidadão tem como uma das ressalvas funcionantes ambientais adoção de tecnologias como essa. O trabalho da Emater-RN com os parceiros vai permitir o agricultor produzir mais e melhor com menos custos.

O Manejo sustentável de pragas é uma alternativa benéfica e em expansão que reduz o uso de insumos químicos e, assim, reduz a poluição ambiental e problemas com a saúde. Está crescendo na sociedade a consciência ecológica e social que demandam mudanças na forma de produção na agricultura, abolindo o uso de agrotóxicos e dando preferência aos meios mais sustentáveis e ecológicos nos processos de plantio. Os consumidores estão cada vez mais preocupados com a saúde, meio ambiente e com os recursos naturais.

Na quinta-feira (11), ocorreu na Emater-RN uma reunião técnica da agenda das oficinas do MIP com a instituição, representantes do Governo Cidadão e o Embrapa para avaliação e planejamento das próximas ações.

A primeira jornada de Manejo Integrado de Pragas é uma ação do Governo do Estado, por meio da Emater-RN com o Projeto Governo Cidadão, utilizando recursos do acordo de empréstimo com o Banco Mundial, e faz parte da execução de uma série de agendas, até janeiro de 2020, voltadas para agricultura familiar.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here