Estados receptores se reúnem para discutir parcerias na gestão do PISF

0
32

A Agência Nacional de Águas (ANA), com apoio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), promoveu, ontem (22), na Escola de Governo, uma reunião com os estados receptores do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF), com a participação dos secretários de recursos hídricos e diretores dos órgãos de gestão do Rio Grande do Norte, Ceará, Paraíba e Pernambuco.

O objetivo do encontro foi iniciar a discussão de uma estratégia de parceria para apoio aos estados, no que diz respeito a gestão, operacionalização do projeto e o pagamento para a chegada das águas.

Na ocasião, os gestores apresentaram as demandas hídricas dos seus estados, anexando um mapa dos principais reservatórios e sistemas de abastecimento.

“Essa reunião foi para fazer uma unificação dos procedimentos administrativos e estratégicos dos estados para apontar soluções para a chegada dessas águas. Hoje existe um vácuo muito grande em relação aos procedimentos que os estados vão tomar para o pagamento das águas, quem vai gerir e o modelo de gestão”, frisou o Secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti.

“Nossa intenção é dar suporte aos estados e definir, em conjunto, questões como as condições de operação dos reservatórios receptores das águas e a elaboração de uma estrutura tarifária” ressalta a diretora do PISF na ANA, Flávia Barros.

Participaram da reunião o superintendente de apoio ao sistema de recursos hídricos da ANA, Humberto Gonçalves, o diretor-presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (AESA), Porfírio Loureiro, a secretária executiva da infraestrutura, recursos hídricos e meio ambiente da Paraíba, Virgiane Melo, o secretário de recursos hídricos do Ceará, Francisco Teixeira, a secretária executiva de recursos hídricos de Pernambuco, Simone Rosa, a presidente da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), Suzana Montenegro, o Secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, o diretor presidente do Instituto de Gestão de Águas do RN (IGARN), Caramuru Paiva, entre outros técnicos diretamente envolvidos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here