Estados receptores se reúnem para discutir parcerias na gestão do PISF

A Agência Nacional de Águas (ANA), com apoio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), promoveu, ontem (22), na Escola de Governo, uma reunião com os estados receptores do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF), com a participação dos secretários de recursos hídricos e diretores dos órgãos de gestão do Rio Grande do Norte, Ceará, Paraíba e Pernambuco.

O objetivo do encontro foi iniciar a discussão de uma estratégia de parceria para apoio aos estados, no que diz respeito a gestão, operacionalização do projeto e o pagamento para a chegada das águas.

Na ocasião, os gestores apresentaram as demandas hídricas dos seus estados, anexando um mapa dos principais reservatórios e sistemas de abastecimento.

“Essa reunião foi para fazer uma unificação dos procedimentos administrativos e estratégicos dos estados para apontar soluções para a chegada dessas águas. Hoje existe um vácuo muito grande em relação aos procedimentos que os estados vão tomar para o pagamento das águas, quem vai gerir e o modelo de gestão”, frisou o Secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti.

“Nossa intenção é dar suporte aos estados e definir, em conjunto, questões como as condições de operação dos reservatórios receptores das águas e a elaboração de uma estrutura tarifária” ressalta a diretora do PISF na ANA, Flávia Barros.

Participaram da reunião o superintendente de apoio ao sistema de recursos hídricos da ANA, Humberto Gonçalves, o diretor-presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (AESA), Porfírio Loureiro, a secretária executiva da infraestrutura, recursos hídricos e meio ambiente da Paraíba, Virgiane Melo, o secretário de recursos hídricos do Ceará, Francisco Teixeira, a secretária executiva de recursos hídricos de Pernambuco, Simone Rosa, a presidente da Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), Suzana Montenegro, o Secretário Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, o diretor presidente do Instituto de Gestão de Águas do RN (IGARN), Caramuru Paiva, entre outros técnicos diretamente envolvidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.