Proposta por Francisco do PT Sessão solene celebra 70 anos do Serviço de Assistência Rural da Arquidiocese

Os 70 anos do Serviço de Assistência Rural e Urbana da Arquidiocese de Natal (SAR) foi tema de sessão solene realizada pela Assembleia Legislativa do Estado, na tarde desta segunda-feira (18). Também foram homenageadas pessoas e instituições atuantes na causa rural e que já passaram pelo SAR. O evento foi uma proposição do deputado Francisco do PT.

Como propositor, Francisco do PT abriu o evento fazendo um resumo histórico do trabalho prestado pela instituição, lembrou a luta da arquidiocese ao longo dos anos e destacou diversas ações promovidas pela instituição por meio de um conjunto de atividades educativas, políticas e sociais.

“É de fundamental importância que possamos prestar essa homenagem, enquanto a assembleia legislativa, tanto aos homens quanto as mulheres. A igreja tem uma preocupação social e ambiental em fazer com que as pessoas possam sonhar e ter dignidade de ter uma vida melhor. O trabalho na educação e assistência social, por meio de programas e pelo cooperativismo, a luta pelo desenvolvimento econômico, a luta pela economia solidária, além da luta pela posse e permanência na terra são fatores essenciais a sociedade potiguar. Além de tudo é um trabalho que tem sido fundamental com estudos e diagnósticos da situação do campo, com as missões rurais e com serviços de assistência técnica. Nesse sentido, contribui com o processo de construção da cidadania, com o controle social das políticas públicas, disseminando o conhecimento de práticas inovadoras e com preservação ambiental”. Explicou o parlamentar.

Dom Jaime Vieira Rocha, arcebispo de Natal, agradeceu e parabenizou a assembleia pela iniciativa. “Essa homenagem passa a fazer parte da história da arquidiocese na luta pelo meio rural. Esse reconhecimento é muito significativo. Por duto isso, redemos graças a Deus. O SAR presta um serviço social importante diante do contexto político e econômico com trabalho voltado desde o cuidado com a cidadania do homem do campo, no combate ao analfabetismo, ao projeto de educação política e disseminando a ideia de que voto não tem preço tem consequência”, destacou Dom Jaime.

O Padre Antônio Murilo, representando os homenageados, também agradeceu a Assembleia Legislativa e destacou a transformação promovida pelo SAR no meio rural. “Temos indicadores da eficácia e da eficiência do serviço de assistência rural que a instituição faz com ação transformadora. Todo esse trabalho social vem de antes, portanto, faz mais de 70 anos que a igreja luta pela ação social, pela cultura e pela educação. Nesse sentido, duas coisas foram importantes. Primeiro aprender com a inteligência de Dom Eugenio Sales. Ele foi capaz de fazer transformações profundas no campo da assistência rural. A segunda coisa é a ação que aglomera e incentiva o movimento popular e social para poder dar passos significativos na transformação do momento que vivemos”. Disse Padre Murilo.

O Serviço de Assistência Rural (SAR) foi criado em 1949 como organismo da Arquidiocese de Natal com o objetivo de promover e incentivar o exercício da cidadania tendo em vista a universalização das políticas públicas e garantia de direitos, especialmente das pessoas e comunidades em situação de vulnerabilidade socioambiental. As ações são realizadas na linha da formação de base, educação política e para a cidadania, geração de emprego e renda, economia solidária, organização dos trabalhadores (as) na luta pela posse e permanência na terra, defesa dos territórios tradicionais e, nos últimos anos, acompanha e colabora com a formação de conselheiros das Políticas Sociais Públicas e Lideranças Comunitárias na luta pelo controle social.

Homenageados:

Arquidiocese de Natal

Serviço de Assistência Rural e Urbano (SAR)

Departamento de Serviço Social da UFRN

Pastoral da Criança

MISEREOR

ADVENIAT

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST)

Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores, e Agricultoras Familiares do RN (FETARN)

Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP)

Don Antônio Soares Costa (In memoriam)

Dom Eugênio de Araújo Sales (In memoriam)

Monsenhor Agnello Dantas Barreto

Padre Alfredo Boldori

Antônia Maria Albuquerque

Padre Antônio Murilo de Paiva

Ednaldo Araújo

Padre Francisco Cézar de Bessa

Francisco das Chagas Lima

Gilberto de Almeida

Dom Heitor de Araújo Sales

Ilena Felipe Barros

Iris Maria de Oliveira

Jean Pierre Tertuliano Câmara

José Carlos da Silva

Joseane Bezerra Tibúcio Mendes

Josineide Silveira de Oliveira

Kelson Teixeira do Nascimento

Kleberson Galvão

Marcia Maria Nogueira da Silva

Maria das Graças Ribeiro da Fonseca

Maria Divaneide Basílio

Maria do Socorro do Vale Bezerra de Gois

Dom Matias Patrício de Macedo

Padre Robério Camilo

Otto Euphrásio Santana

Raimundo França

Padre Robério Camilo da Silva

Padre Rodrigo Fernandes de Souza Paiva

Simeão Paulino do Nascimento

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.