Sethas incentiva coletividade entre mulheres artesãs

0
25

Articular e apoiar estratégias coletivas é um dos principais objetivos da Economia Solidária, política executada pela Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN). Visando esse objetivo a equipe do setor de Economia Solidária participou da 1º Feira de Arte da Praia de Enxu Queimado, em Pedra Grande. cPor meio de trocas de experiências e histórias de associações e cooperativas formadas por mulheres, as artesãs de Enxu Queimado puderam tirar dúvidas sobre empreendedorismo, base conceitual do artesanato e a importância da coletividade e do cooperativismo.

“A Economia Solidária é uma forma de apoiar e estimular estratégias coletivas que partam das próprias artesãs, visando o desenvolvimento econômico, a autogestão e a participação feminina além das tarefas domésticas. E aqui podemos passar o conhecimento dessa política, por meio de histórias e experiências de outras mulheres que ganharam autonomia financeira devido a economia solidária”, explica a coordenadora do setor, Lidiane Freire.

A artesã local, Cláudia da Costa, trabalha com a fibra da palha de coqueiro, e aproveitou o evento para expor seus produtos e para aprender sobre economia solidária.

“Aprendi novas ideias e formas de ganhar autonomia. Já estou aqui pensando em continuar o meu trabalho com mais certeza. A troca de conhecimento foi a parte mais gratificante da feira”, conta a artesã.

Artesãs de Natal e Parnamirim, que são acompanhadas pelo projeto, participaram da feira e trouxeram suas experiências para a comunidade. Uma dessas artesãs, dona Alice Correia, aposentada, mostrou um pouco do seu trabalho feito com materiais recicláveis.

“Eu trouxe essas caixinhas para mostrar a essas mulheres que podemos fazer artesanato de muitas formas e que é preciso que elas se juntem para ter seu trabalho reconhecido e fortalecido. Eu faço parte da Associação de Artesãos de Parnamirim e do Grupo de Idosas de Santa Tereza. Por meio dessas associações meu trabalho é conhecido, eu já vendi meu trabalho pra vários estados e até para fora do País.”, explica dona Alice.

Outra artesã presente e que ficou encantada com a troca de experiência foi Jacira da Cruz, que apenas há quatro meses trabalha com artesanato e já ama o artesanato como se fosse um filho.

“O artesanato impregna em você, na sua alma e é como se fosse um filho, pois cada peça é uma criação única e só sua. Eu amo fazer artesanato e essas histórias que ouvir aqui só serviram para me inspirar e incentivar a não desistir de ser artesã”, contou.

Economia Solidária  

A Economia Solidária é uma forma diferente de produzir, vender, comprar e trocar produtos e serviços, que através da autogestão, da democracia, da cooperação, da solidariedade, do respeito à natureza, da promoção da dignidade e da valorização do trabalho de homens e mulheres, estabelece uma alternativa de geração de emprego, renda e inclusão social.

O projeto é executado pela Sethas-RN e tem a finalidade oferecer apoio técnico e consultoria, além de promover ações integradas que possibilite a construção de alternativas de geração de emprego e renda. São acompanhados 60 empreendimentos econômicos solidários, em 36 municípios. Além disso, a Sethas, por meio do Governo Cidadão, dá apoio financeiro e técnico a 40 subprojetos de economia solidária e da agricultura familiar, em 32 cidades.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here