Alexandre de Moraes autoriza PF a acessar investigação do Facebook que derrubou contas ligadas ao gabinete de Bolsonaro

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, atendeu pedido da Polícia Federal e autorizou a corporação a ter acesso aos dados da investigação do Facebook que acabou derrubando uma rede de contas e perfis falsos ligados a integrantes do gabinete do presidente de Jair Bolsonaro, a seus filhos, ao PSL e aliados.

Segundo apurado pelo Estadão, o acesso as informações da investigação do Facebook foi autorizado em dois inquéritos que correm junto ao Supremo Tribunal Federal e inquietam o presidente: o das fake news e o dos atos antidemocráticos.

Estadão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.