Apontado como líder do gabinete do ódio e íntimo de Eduardo e Carlos Bolsonaro, Allan Santos é alvo da PF

A Polícia Federal está na casa do blogueiro Allan dos Santos, em brasília (DF), e em outros endereços para cumprir ordens de busca e apreensão do inquérito que investigação a disseminação de fake news a favor de Jair Bolsonaro. São 29 mandados de busca e apreensão no processo presidido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Segundo aponta reportagem da Folha, a corporação já havia identificado o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, como um dos articuladores do esquema de fake news.

A disseminação das fake news voltaram a ganhar destaque no noticiário nacional em 2018, com a eleição de Bolsonaro. Naquele ano, houve supostamente uma campanha ilegal, baseada em notícias falsas, contra o então presidenciável Fernando Haddad (PT) com disparos em massa via Whatsapp

A matéria apontou, ainda, que cada contrato chega a R$ 12 milhões e, entre as empresas compradoras, está a Havan, pertencente ao empresário Luciano Hang que também é alvo da operação na manhã desta quarta-feira.

Wscom*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.