Condenado por estupro coletivo e assassinato de mulheres em Queimadas é executado

Um assassinato foi registrado na madrugada deste domingo (20), no município de Queimadas, no Agreste paraibano. A vítima foi Jacó Sousa, um dos homens condenados pela “Barbárie de Queimadas”, caso de estupro de cinco mulheres e assassinato de duas delas, na mesma cidade, ocorrido em 2012.

Jacó Sousa foi condenado a 30 anos de prisão e cumpriu 8 deles no presídio PB1, em João Pessoa. Ele estava em liberdade condicional há dois meses.

Segundo informações, a vítima estava em um ‘espetinho’ bebendo com amigos, quando foi abordado pelos algozes. A vítima foi executada e os homens fugiram.

A Polícia Civil declarou que a possibilidade de vingança não está descartada, mas todas as linhas de investigação serão apuradas.

Wscom*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.