Deicor elucida explosão de caixa eletrônico ocorrido em São Gonçalo

0
137

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) conseguiram elucidar e prender, neste sábado (10), quatro envolvidos na explosão de um caixa eletrônico, que ocorreu na cidade de São Gonçalo do Amarante, na última sexta-feira (09).  A associação criminosa usou explosivos para violar o caixa, que ficava em um estabelecimento comercial.

Foram presos na tarde de sábado (10), dois pernambucanos Douglas Pereira da Silva, 31 anos e Erivan Fernandes Batista, 29 anos; e dois de Natal, Valdir Correia da Silva, 31 anos, que responde a dois homicídios e Emerson Nascimento de Araújo, 21 anos. A Polícia está à procura de Ubatan Pereira da Silva, paraibano e Hélio do Nascimento Cunha, pernambucano.

Investigações da Deicor revelaram que integrantes do grupo, de origem pernambucana, voltariam para o Estado ainda no sábado (10). Com o intuito de prender os homens, a equipe da Divisão Especializada iniciou uma ação na madrugada do sábado e conseguiu interceptar o veículo onde os suspeitos estavam, na cidade de cidade de São José de Mipibu.

“No momento da ação policial, os suspeitos reagiram e efetuaram disparos contra os policiais civis. A equipe da Deicor precisou fazer uso da força proporcional e efetuou diversos disparos no mencionado veículo, momento em que o carro dos criminosos capotou. Após a virada do carro os bandidos saíram de dentro do veículo e efetuaram novos disparos contra os policiais, dando início a uma intensa troca de tiros. O grupo se embrenhou na mata e ao amanhecer as buscas pelo grupo criminoso continuaram com o apoio do helicóptero da Secretaria de Segurança Pública, Potiguar 01”, detalhou o delegado titular da Deicor, Odilon Teodósio.

Durante as buscas, os policiais civis conseguiram apreender no meio da mata uma pistola Glock 9 milímetros, com um carregador alongado e 22 munições do mesmo calibre, bem como o veículo que havia sido usado pelo grupo. Haviam marcas de sangue, tanto na arma como no veículo e a Polícia Civil acredita que os suspeitos foram feridos.

Na tarde do sábado, com apoio de policiais militares, foi possível efetuar a prisão de dois pernambucanos, Douglas Pereira da Silva, 31 anos e Erivan Fernandes Batista, com 29 anos. Eles estavam escondidos na residência utilizada para guardar os materiais ilícitos e veículos roubados.

As buscas continuaram e os policiais conseguiram localizar uma residência, localizada à Rua Ares, s/n, Barreiros, em São Gonçalo do Amarante, onde foram encontrados muitos grampos utilizados na ação criminosa, bem como uma pistola 9 milímetros SR9 Ruger, com numeração raspada, 15 munições do mesmo calibre e munições de outros calibres. Na residência foram presos os natalenses Valdir Correia da Silva, 31 anos e Emerson Nascimento de Araújo, 21 anos. A equipe da Deicor também conseguiu localizar a granja onde o bando se reuniu antes da explosão em São Gonçalo. No local foram encontrados dois baldes de grampos, bem como explosivos e placas de veículos clonados ou roubados.

“O crime organizado não terá sossego aqui no Estado e a repressão será feita, custe o que custar. Conseguimos elucidar o caso de São Gonçalo do Amarante em menos de 24 horas e fica o recado para criminosos de Estados vizinhos para não virem delinquir no nosso Rio Grande do Norte”, enfatizou o diretor da Deicor, Odilon Teodósio.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here