Homem é preso após divulgar blitz da PRF em redes sociais

0
50

Um homem foi detido após divulgar nas redes sociais que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) estava fazendo uma blitz no posto localizado no distrito de Santa Terezinha, em Campina Grande.

O acusado estava trabalhando como pintor nos serviços de reforma do posto da PRF e filmou a operação da obra e divulgou nas redes sociais.

Ao tomar conhecimento da filmagem, os policiais interrogaram trabalhadores da obra até chegar ao acusado que confessou o ato.

Ao verificar o celular de Amauri Alves, a PRF descobriu que o pintor integrava vários grupos WhatsApp voltados para alertar condutores sobre operações rodoviárias.

Ele foi conduzido para a Polícia Federal onde prestou depoimento e foi liberado.

Paraibaonline

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here