Cinco mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva estão sendo cumpridos na manhã desta terça-feira (15) em uma nova operação de combate a crimes de fraude à licitação, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro, na prefeitura do Conde. Os mandados foram direcionados a um empresário da construção civil já denunciado e a ex-servidores públicos da prefeitura da cidade.

A operação DDT é uma ação do Grupo de Atuação contra o Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público da Paraíba (MPPB), do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE) e Delegacia de Combate ao Crime Organizado (DECCOR). Os mandados estão sendo cumpridos em João Pessoa, Mulungu e Conde.

Quinze pessoas estão sendo investigados juntos a ex-prefeita do município do Conde, Tatiana Lundgren, por fraudes em um procedimento licitatório que contribuiu para o desvio e a apropriação dos recursos públicos, causando um prejuízo de mais de R$ 50 mil aos cofres públicos. Os empresários envolvidos no esquema já foram denunciados pelo Ministério Público na Operação Papel Timbrado, que prendeu Tatiana Lundgren.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here