PF cumpre mandados contra empresa que teria ligação com avião de Eduardo Campos

A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou na manhã desta terça-feira (31), por volta das 6h, a Operação Vórtex, um desmembramento da Operação Turbulência. Nesta nova fase, está sendo investigada uma empresa que teria ligação com a compra do avião do acidente que matou o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos. A empresa, de nome não divulgado, possui contratos milionários com o governo do Estado e, segundo a PF, aumentou de forma exponencial suas doações a campanhas políticas ao longo dos últimos anos, notadamente para o partido e candidatos apoiados pelo ex-governador Eduardo Campos.

Nesta manhã, trinta policiais federais cumprem seis mandados de busca e apreensão (quatro no bairro de Boa Viagem, um no Pina e um em Jaboatão dos Guararapes) e quatro mandados de condução coercitiva (todos no bairro de Boa Viagem). Os envolvidos estão sendo levados para a sede da PF para prestar esclarecimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.