Psicólogo paraibano agride ex-mulher e atira em funcionários de hotel, no Recife

O psicólogo que atua na Paraíba acusado de agredir sua ex-esposa e balear dois funcionários de um hotel em Recife, capital de Pernambuco, na noite desta terça-feira (03) permanece foragido. O caso está sendo investigado por equipes da Delegacia da Mulher do bairro de Santo Amaro e do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), do Cordeiro.

A Polícia informou que o casal está separado há 10 dias. O homem começou a consumir bebidas alcoólicas, o que desagradou a mulher que foi para o quarto do hotel. Logo em seguida, o psicólogo e a mãe também resolveram subir, e nesse momento começou as agressões.

Os dois funcionários do hotel, que tentaram apartar a briga, mas acabaram sendo baleados, foram socorridos e continuam internados. Após a confusão, o autor dos disparos fugiu do local.

José Edson Lima Júnior, 34 anos, deu entrada no HR pouco antes das 2h da madrugada. Ele seguiu para o bloco cirúrgico nesta manhã para uma intervenção em uma das pernas, que tem uma fratura exposta. O paciente também tem uma perfuração no abdômen e está com um dreno toráxico à direita. O estado de saúde de José é estável.

O outro paciente, José Fernando de Freire da Silva, 43, também está estável e deu entrada na unidade hospitalar às 2h40. Segundo o boletim médico do HR, ele tem uma lesão na coluna cervical. O boletim não informa se ele ficará com a mobilidade comprometida. Fernando está sendo acompanhado pela equipe médica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.