Veterinário mata cliente a tiros após ele reclamar de preços no serviço. VEJA VÍDEO

Imagens de câmera de segurança de uma clínica veterinária flagraram o momento exato que um empresário foi assassinado por médico no último dia (09/09), no bairro Monte Castelo, em São Luís, no Maranhão.

O empresário José Eduardo Viegas Costa, de 39 anos, foi morto com nove tiros. O suspeito de praticar o homicídio é o médico veterinário Daniel Leite Cardoso, que prestava serviços à clínica.

Conforme imagens, é possível ver uma discussão e em seguida o empresário começou a gravar vídeo da situação pelo celular.

O médico tentou evitar a gravação e acabou atingido com dois socos no rosto pelo empresário. Após o episódio, o médico sacou a arma e atirou várias vezes contra o cliente. Um funcionário da clínica e a namorada do empresário também estavam no local.

Suspeito se entregou à polícia

O médico veterinário Daniel Leite Cardoso, de 35 anos, se entregou à Polícia Civil na última sexta-feira (11/09) e confessou a autoria do crime, segundo o G1/MA.

A Polícia Civil informou que a motivação do crime teria sido uma discussão entre a vítima e o veterinário, por causa do valor de um procedimento feito em um gato de estimação e do pedido de uma nota fiscal. O cliente teria reclamado do preço cobrado pelo procedimento.

O médico ele foi levado para o Centro de Triagem do Complexo Penitenciário de Pedrinhas e o caso segue sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Área Oeste de São Luís.

Em nota, a empresa esclareceu que Daniel, suspeito de alvejar o empresário com nove tiros, é um prestador de serviços da clínica.

VEJA VÍDEO:

View this post on Instagram

Veterinário mata com 9 tiros cliente que reclamou do preço de atendimento a um gato! O vídeo mostra quatro pessoas na recepção da clínica, por volta de 19h40, da quarta-feira (9). O empresário Eduardo Viégas carrega um cesto com um gato. Ele está acompanhado da namorada. Por trás do balcão está o veterinário Daniel Leite e, ao lado, uma quarta pessoa. Segundo a polícia, eles discutiram sobre o valor cobrado pelo atendimento ao animal, o empresário deu dois socos no veterinário que sacou uma pistola e o matou com nove tiros. A principal testemunha do caso é Evelyn Mendes, namorada do empresário assassinado. Ela também foi atingida pelos disparos do veterinário e perdeu um dos dedos. Evelyn deu detalhes sobre a discussão em entrevista à repórter Regina Sousa, na segunda-feira (14). As imagens mostram o empresário Eduardo Viégas pegando o celular para gravar a discussão. O veterinário demonstra não gostar de ser filmado, aponta o dedo pra o empresário e tenta tomar o celular. O aparelho parece tocar no rosto de Viégas, que reage dando dois socos no rosto do veterinário. Na hora da briga, Daniel Leite usa uma camisa para fora da calça, que não deixa mostrar a arma na cintura. Segundo a polícia, ele é frequentador de clube de tiro e possui licença para porte de arma. O revólver possui registro. Após ser atingido pelos socos, Leite saca a arma da cintura e dispara na direção do casal. Os primeiros tiros acertaram Evelyn, que foi ferida no braço e na mão e perdeu um dos dedos os demais tiros mataram o comerciante.

A post shared by Portal do Litoral (@portaldolitoralpb) on

Catolé News*

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.