Sem fazer autocríticas, PT admite que está atrás da direita apenas na comunicação e fala em reforçar setor

O PT reconhece que está atrás da direita na guerra da comunicação e chegou à conclusão de que é hora de reagir. Mas isso apenas no campo da comunicação. A tão falada “autocrítica” pedida tanto por aliados, quanto por adversários, não está na pauta. O partido segue firme com a narrativa de que nunca errou. As informações são da Folha de S.Paulo.

Um projeto batizado internamente de PT Digital está em discussão no partido e deve ser implementado até o mês de abril. A ideia principal é centralizar a estratégia de comunicação, hoje tida como descoordenada e dispersa entre diversos produtores de conteúdo dentro e fora da estrutura do partido.

“Há um domínio da direita nas redes sociais que nos preocupa”, diz Jilmar Tatto, secretário nacional de Comunicação do PT. Para ele, falta unificar a mensagem política em todo o país. Vários partidos de esquerda não querem o PT como protagonista pelos vários escândalos em que a legenda de envolveu e pela postura superior que vem adotando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.