Solidariedade não quer papo com grupos de Vivaldo e Álvaro

As articulações para o pleito de 2020 estão aceleradas, mas o Solidariedade mantém sua posição de não compor com os dois grupos políticos mais tradicionais da cidade, liderados por Vivaldo Costa e Álvaro Dias.

“Respeitamos a decisão de cada partido, porém, acreditamos eleição não é um ‘vale-tudo’. Não faremos alianças com os grupos liderados por Vivaldo Costa e Álvaro Dias. Se defendemos mudança, não podemos insistir nos modelos políticos que desgataram Caicó”, destaca Diego Vale, presidente do Solidariedade e pré-candidato a prefeito de Caicó.

Sobre alianças, Diego Vale é enfático: “não temos medo de começar projeto pequeno; temos que ter cuidado para não embarcar em projetos errados. Se estamos insatisfeitos, não podemos seguir com os de sempre!”

Ainda em contato com o blog, Diego lamentou a retirada da pré-candidatura de Genar Lucena pelo PT. “Genar é um jovem visionário e sua pré-candidatura qualificava o debate político de Caicó”, enfatizou.

A pesquisa SETA divulgada nesse domingo mostra Diego Vale em quarto lugar, além de ter a menor rejeição entre todos os pré-candidatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.