Governadora destaca participação dos jovens para a construção de políticas públicas

Considerando que a juventude representa o presente, e não apenas o futuro de uma sociedade, a governadora Fátima Bezerra abriu a III Semana Estadual da Juventude com palavras de incentivo aos mais de 600 jovens inscritos no evento, que este ano está sendo realizado em ambiente virtual. Ela enfatizou a construção de uma política de estado baseada em dois pilares: educação e mercado de trabalho. “No nosso governo, estamos trabalhando para que a juventude tenha uma participação muito maior. Não foi à toa que criamos a Subsecretaria de Juventude, não é à toa que instituímos o Conselho Estadual de Juventude, com toda a autonomia que deve ter”, declarou.

O encontro teve início na tarde desta segunda-feira 21 e transcorrerá até sábado (26), com palestras, encontros e rodas de discussões realizadas na Plataforma Zoom, com acesso para inscritos. As atividades estão sendo transmitidas pelo Canal do Youtube da Sejuv/Subsecretaria da Juventude, ligada à Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh). O evento, que está sendo conduzido com a participação efetiva do Conselho Estadual da Juventude (Cejuv), teve a abertura conduzido pela conselheira Nathalia Castilho, elogiada pela governadora pela sua desenvoltura e capacidade de oratória, frente às autoridades presentes e o público.

“Quero ressaltar aqui a importância da participação social, porque entendemos que a juventude tenha cada vez mais vez e não apenas voz. A juventude é o presente, até porque não existe futuro sem presente. O que a juventude precisa saber é o que o governo está fazendo pelo presente dela. Seja com relação à educação, ou ao mercado de trabalho”, disse a governadora. Com o tema “Conectando nas redes, engajando no mundo”, esta é a segunda edição da Semana da Juventude realizada nesta gestão. De acordo com a Lei Estadual nº 9.467/2011, o evento deve ocorrer anualmente.

Em sua fala, a governadora ressaltou ações como o CredJovem – Programa de Crédito para a Juventude, operado pela Agência de Fomento do RN (AGN), que no início de setembro avalizou as primeiras linhas de crédito. “O CredJovem foi pensado para atender esse público de 18 a 29 anos. No nosso modelo de financiamento, não há taxa de juros para quem paga em dia. Estamos vivendo com todos os impactos causados pela pandemia, agravados principalmente para quem é responsável por gerir seu próprio sustento. E entendemos que muitos jovens estão passando por dificuldades”. A governadora também falou do aumento da taxa de escolarização, nos jovens de 15 e 17 anos, que já chegou a quase 100% nesta gestão de governo.

Fátima abordou, ainda, o ano letivo. “Quero deixar claro que o ano letivo não está perdido, porque as atividades não-presenciais estão acontecendo e vão ser ampliadas. No mais, quero desejar que vocês tratem o tema da Educação com muita ênfase, que vocês tenham uma semana muito proveitosa e desejo sobretudo que tenhamos políticas públicas que respondam às demandas e aos anseios de vocês”, concluiu.

A titular da Semjidh, Eveline Guerra, saudou o público e falou de sua alegria de estar anunciando a terceira edição da juventude com uma programação tão diversificada e inclusiva. “A pandemia, que trouxe instabilidade na vida de todos nós, está sendo vivenciada entre os jovens de maneira muito mais forte. Digo pela própria dinâmica, que é inerente ao comportamento da juventude, por isso mesmo tem sido um sacrifício ficar sem aula, e a permanecer em isolamento social. O balanço que vocês vão fazer nesta semana será muito importante, porque leva à reflexão e novas perspectivas que o governo aponta através das políticas voltadas para a juventude”, enfatizou.

Na mesa de abertura, foram convidados a falar o vice-governador Antenor Roberto, que destacou o evento como um momento singular para que a juventude construa um legado junto com o governo; e a secretária Iris Oliveira (Trabalho, Habitação e Assistência Social), que citou acerca das frentes sociais de governo para jovens, como a Fundase (Fundação de Atendimento Socioeducativo), o Proart (Programa Estadual de Artesanato) e Economia Solidária.

Também participaram da abertura o subsecretário da juventude, Gabriel Medeiros e Patrícia Santiago, secretária executiva do Cejuv e Subcoordenadora de articulação social; o deputado estadual Francisco do PT; o jovem João Ricardo Cerqueira, representando o mandato da deputada estadual Isolda Dantas; o servidor Felipe Beserra do Vale, representando a Secretaria de Estado da Educação; e a adjunta da Sethas, Josiane bezerra.

O evento é gratuito e as inscrições continuam abertas. Interessados devem a site http://www.semjidh.rn.gov.br/.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.