Governo do RN autoriza retorno de eventos corporativos com até 100 pessoas

O setor de eventos corporativos, técnicos, científicos e de convenções do Rio Grande do Norte está autorizado a voltar às atividades com público de até 100 pessoas a partir desta terça-feira (22). A liberação do Governo do Estado foi publicada nesta segunda-feira (21) em edição extraordinária do Diário Oficial.

Conforme o documento, a retomada vai acontecer em 5 fases. A primeira autoriza uma frequência máxima simultânea de até 100 participantes nos eventos. A fase seguinte, com início previsto para 6 de outubro, permite reunir até 400 pessoas; a fase 3, que deve começar em 20 de outubro, amplia o número para 700.

Já quarta fase, com previsão para o dia 3 de novembro, vai permitir eventos com até 1.000 pessoas. A última fase do cronograma, com data de 17 de novembro, vai permitir reunir até três mil pessoas, porém apenas em ambientes abertos.

De acordo com a portaria, as fases podem ser adiadas e também podem ser reestabelecidas fases anteriores. Isso acontecerá caso a Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) verifique tendência de crescimento dos indicadores da pandemia no RN.

O documento foi baseado no “Plano Básico de Segurança Sanitária de condutas para a retomada do setor de eventos”, criado em parceria com a Secretaria de Turismo do RN (Setur), Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Fundação José Augusto (FJA), Superintendência de Vigilância em Saúde (SUVISA), Sebrae-RN e Sistema Fecomércio.

Além do protocolo geral, também estão listadas 20 medidas necessárias para autorizar os eventos corporativos, entre elas, a obrigatoriedade de utilização de máscara para os participantes e de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os trabalhadores envolvidos, a disponibilização de equipe médica e a manutenção de distanciamento mínimo de 1 metro e meio entre pessoas, mesas e cadeiras. Também deve ser dada preferência à circulação natural de ar nos espaços escolhidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.