Azitromicina não é eficaz em tratamento inicial da Covid-19, diz Oxford

Um estudo da Universidade de Oxford concluiu que a azitromicina e a doxiciclina não são eficazes para tratar os sintomas iniciais da Covid-19. A pesquisa foi feita por uma plataforma de estudos da Oxford iniciada em março que estuda possibilidades de tratamentos precoce contra o novo coronavírus.

Foram analisados 526 pacientes que tomaram azitromicina e 728 pacientes que tomaram doxiciclina, todos com mais de 50 anos. Os resultados mostraram que não há benefício significativo no tempo de recuperação de pacientes que tomaram os medicamentos.

O objetivo da pesquisa foi ministrar os remédios para pacientes com sintomas leves e entender se eles conseguiriam evitar o agravamento da doença.

CNN Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.