Câmara de Caicó quer desenvolver políticas públicas de combate ao fumo

A Mesa Diretora da Câmara de Caicó acatou o pedido do vereador Miltão Batista, para realização de uma sessão do Centro de Estudos e Debates sobre o tema: “Tabagismo”. O evento foi realizado nesta quinta-feira (31), tendo como palestrante o médico cardiologista Gerson Barbosa, que apresentou dados nada otimistas para os fumantes.

No Brasil, estima-se que cerca de 200.000 mortes/ano são decorrentes do tabagismo. “A presença de cerca de 4.720 substâncias presentes na fumaça dos derivados do tabaco, faz com que o tabagismo seja responsável por aproximadamente 50 doenças”, disse o médico. Dentre as mais variáveis ocorrências de câncer, o pulmão que hoje é considerado uma das principais causas de morte no Brasil.

Ainda participaram das discussões a enfermeira Maria Diane Dantas e a secretária-adjunta de saúde do município, Caroline Souto Soares, e o diretor da 10ª Dired, Petrúcio Ferreira. O debate foi acompanhado por alunos da Escola Municipal Presidente Kennedy, técnicos da secretaria, presidentes de conselhos comunitários e representantes da sociedade civil organizada.

Segundo as representantes da pasta da saúde, existe o empenho no âmbito municipal de discutir a temática de combate ao tabagismo, inclusive com campanhas de conscientização nos meios sociais. O diretor da 10ª Dired parabenizou a iniciativa do Legislativo, por entender “é possível combater os altos índices de fumantes”. .

“Mesmo sendo fumante, tenho a consciência dos problemas que me atormentam em decorrência do cigarro. Espero podermos para criação de uma legislação específica para o controle do uso do fumo na cidade de Caicó”, disse Miltão.

Para o presidente Leleu Fontes, o Centro de Estudos e Debates vem conseguindo manter uma agenda de grandes temas. “No caso da audiência sobre o tabagismo, pudemos compreender a importância de envolver os órgãos competentes e poderes constituídos, para combater o consumo crescente do fumo em nossa população, principalmente nos mais jovens”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.