Paraibano doa medula óssea pela 2ª vez em 4 anos: ‘Desejo que mais pessoas consigam salvar vidas’

0
41

Após a perda de um primo para a leucemia, um paraibano conseguiu ajudar a salvar a vida de desconhecidos por meio de duas doações de medula óssea em um período de quatro anos. Cadastrado no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), Arinaldo Azevedo, de 35 anos, foi mais uma vez compatível com um paciente que aguardava na fila à espera de um transplante de medula e conseguiu ser doador, novamente, neste mês de setembro. De Catolé do Rocha, no Sertão, ele viajou para realizar o segundo procedimento de coleta de medula em São Paulo.

“Ser compatível e doar uma vez já foi maravilhoso, e duas então, estou realizado. Eu desejo que mais pessoas consigam salvar vidas, que se cadastrem como possíveis doadores, e torço pra que elas sejam compatíveis também”, declara Arinaldo

O Dia Mundial do Doador de Medula Óssea é celebrado no terceiro sábado de setembro, neste dia 21. Este mês também acontece a campanha Setembro Verde, que incentiva a doação de órgãos e tecidos.

A segunda doação de medula óssea do paraibano aconteceu no dia 12 de setembro deste ano. O procedimento aconteceu na cidade de Barretos, em São Paulo. “Hoje, depois de quatro anos de quando fui doador de medula pela primeira vez, consegui ser novamente compatível com um paciente”.

G1/PB

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here