Como Grêmio foi melhor nas finanças na pandemia do que Flamengo e Palmeiras

UOL – Publicado nesta semana, o balanço do Grêmio de 2020 revelou um superávit de R$ 22,2 milhões e uma receita de quase R$ 500 milhões, bem próxima à do ano anterior. Esse número foi produzido em meio à pandemia do novo coronavírus, em que basicamente todos os clubes sofreram nas finanças. Para se ter ideia, as agremiações mais ricas do país, Flamengo e Palmeiras, fecharam o ano com prejuízo em suas contas.

Por isso, destoando, o Grêmio aparece forte no mercado de transferências — o clube fechou ontem (27), mesmo, a contratação do lateral direito Rafinha. Lateral que tanto queira fechar com o Flamengo e acabou não chegando a um acordo em relação ao salário.

Continue lendo

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Sobre Esporte

Rolar para cima