Presidente do PSD, Gilberto Kassab vira réu em processo de corrução

A Justiça Eleitoral de São Paulo aceitou nesta quinta-feira (11) a denúncia oferecida pelo Ministério Público Eleitoral do Estado contra o ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD).

Kassab é acusado de suposto recebimento de mais de R$ 16,5 milhões do Grupo JBS entre janeiro de 2014 e dezembro de 2016. Com a decisão, Kassab virou réu em um processo por corrupção passiva, lavagem de dinheiro, ‘caixa 2’ eleitoral e associação criminosa.

A decisão é do juiz Marco Antonio Martin Vargas, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo.

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Sobre Justiça

Rolar para cima