45% dos brasileiros rejeitam o trabalho da Câmara, mostra PoderData

Pesquisa PoderData mostra que 45% dos entrevistados avaliam o trabalho da Câmara dos Deputados como “ruim” ou “péssimo”. Outros 41% dizem ser “regular” e só 11% afirmam que é “ótimo” ou “bom”.

É a 1ª vez que levantamento indaga à população sobre o trabalho específico da Casa Baixa. O PoderData já trouxe a avaliação sobre o Congresso Nacional anteriormente. A pesquisa foi realizada de 29 a 31 de março e a margem de erro da pesquisa é de 1,8 ponto percentual.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, divisão de estudos estatísticos do Poder360. A divulgação do levantamento é feita em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes. Os dados foram coletados de 29 a 31 de março, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3.500 entrevistas em 541 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

Para chegar a 3.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.

HIGHLIGHTS DEMOGRÁFICOS

O PoderData traz os recortes da pesquisa por sexo, idade, região, escolaridade e renda. Eis os principais estratos.

Quem mais aprova o trabalho da Casa Baixa:

mulheres (12%);
pessoas de 16 a 24 anos (16%);
moradores da região Norte (28%);
os que têm ensino fundamental (16%);
os sem renda fixa (15%).

Quem mais rejeita

homens (53%);
pessoas de 25 a 44 anos (52%);
moradores do Nordeste (60%);
os que têm ensino superior (54%);
quem recebe de 5 a 10 salários mínimos (61%).

CÂMARA X AVALIAÇÃO DE BOLSONARO

A opinião sobre a Casa Baixa entre os que avaliam o presidente como “ótimo” ou “bom” é semelhante à da população em geral. São 15% que aprovam o trabalho do Legislativo e 45% que o consideram “ruim” ou “péssimo”.

PODER360

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Brasil

Rolar para cima