Bolsonaro já negocia compra de apoio na CPI da Covid

Como registramos mais cedoJair Bolsonaro avalia desmembrar o Ministério da Economia para recriar as pastas de Previdência e Trabalho, Planejamento e Desenvolvimento, Indústria e Comércio. 

Trata-se de uma demanda antiga que sempre enfrentou a resistência de Paulo Guedes. O problema é que agora virou uma questão de sobrevivência para o próprio governo.

Bolsonaro quer usar esses espaços na máquina para comprar o apoio de senadores integrantes da CPI da Covid ou daqueles que, mesmo de fora, podem influenciar os trabalhos.

As negociações em curso envolvem também a entrega do Ministério de Minas e Energia ao MDB de Eduardo Braga e Renan Calheiros, e da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) a Omar Aziz (PSD).

Ciro Nogueira, por sua vez, quer a presidência da CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), hoje nas mãos do deputado Wellington Roberto (PL), além da Vice Presidência de Governo do Banco do Brasil ou a Previ (fundo de pensão).

O Antagonista*

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Brasil

Rolar para cima