Centrão investe em projeto que afrouxa punição para improbidade

A ascensão do Centrão e a eleição de Arthur Lira para o comando da Câmara devem impulsionar projetos que afrouxam a punição para crimes associados ao mau uso de dinheiro público e à corrupção, publica O Globo.

Fazem parte dessa agenda não propagandeada a limitação da punição em casos de improbidade administrativa e lavagem de dinheiro, além da proibição de buscas em escritórios de advocacia.”

Uma das prioridades do Centrão, diz o jornal carioca, é um projeto que diminui o alcance da lei de improbidade administrativa.

De acordo com o relatório do deputado petista Carlos Zarattini, as violações que não gerassem prejuízos ao erário ou enriquecimento ilícito deixariam de ser enquadradas como improbidade.

A medida é uma das várias frentes no Congresso contra o legado da Lava Jato.

O Antagonista

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Brasil

Rolar para cima