Delegado Saraiva sobre voto impresso: ‘Objetivo é questionar o resultado’ Retrocesso imenso

Chico Alves – UOL: Depois de irritar Jair Bolsonaro ao enviar ao Supremo Tribunal Federal notícia-crime em que acusa o ministro Ricardo Salles de parceria com madeireiros ilegais, o delegado da Polícia Federal Alexandre Saraiva volta a contrariar o presidente. Em uma sequência de publicações no Twitter, ele rejeita a tese de que o voto impresso é mais confiável que a urna eletrônica. “O objetivo é claro: questionar o resultado”, tuitou Saraiva na manhã de hoje.

O delegado, que já participou de live ao lado do presidente da República, começou a tratar do assunto no sábado, com uma tese que vai na contramão da defendida por Bolsonaro. “O voto impresso será um poderoso instrumento…. Para a fraude”, escreveu ele, há dois dias. “Um retrocesso imenso para nossa democracia. Em 18 anos de polícia, em quatro estados, nunca vi uma só informação fidedigna sobre fraude em urna eletrônica”.

Continue lendo

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Brasil

Rolar para cima