Exército instaura processo disciplinar para apurar conduta de Pazuello no Rio de Janeiro

O comando do Exército decidiu há pouco abrir processo disciplinar para apurar a conduta do general Eduardo Pazuello, após ele ter participado de uma manifestação pró-governo, no Rio de Janeiro, no domingo.

O ex-ministro da Saúde será investigado por suspeita de ter violado o Regulamento Disciplinar da corporação, que proíbe militares da ativa de se manifestarem em assuntos políticos.

Pazuello será notificado ainda hoje sobre o processo disciplinar. A expectativa inicial é que a investigação dure pelo menos 30 dias. O general terá direito a apresentar defesa durante a apuração.

Somente após a conclusão do processo disciplinar é que o Exército vai decidir qual será a punição a ser aplicada contra Pazuello. Ele pode, inclusive, ser transferido para a reserva.

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Brasil

Rolar para cima