Mensagens de celular indicam que Dominguetti negociava comissão de 25 centavos de dólar por dose de vacina

G1 – Na sessão da CPI da Covid, na última quinta-feira (1º), o cabo da Polícia Militar Luiz Paulo Dominguetti teve o celular apreendido pela comissão. O Fantástico teve acesso com exclusividade a mensagens que estavam no aparelho. Esse é um material importante para a CPI, que vai ajudar na montagem da teia de relacionamentos do policial militar com empresas e agentes públicos.

O material ainda está sob perícia, mas uma análise preliminar já identificou cerca de 900 caixas de diálogos nos aplicativos de mensagem. Segundo os investigadores, algumas conversas indicam que Dominguetti negociava por dose de vacina uma comissão de vinte e cinco centavos de dólar.

Continue lendo

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Brasil

Rolar para cima