Presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes pede renúncia do cargo

Na noite desta sexta-feira (24), o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, entregou o pedido de renúncia ao cargo ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Economia, Paulo Guedes. A informação foi confirmada por meio de um fato relevante divulgado pelo banco.

No documento, assinado por Carlos Hamilton Vasconcelos de Araújo, vice-presidente de gestão financeira e relação com os investidores, diz que o pedido de renúncia tem efeitos a partir de agosto, em uma data ainda a ser definida e que será “oportunamente comunicada ao mercado”.

O motivo, segundo o BB, é “que a companhia precisa de renovação para enfrentar os momentos futuros de muitas inovações no sistema bancário.”

Novaes assumiu a presidência do Banco do Brasil desde 7 de janeiro de 2019. Formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o quase ex-presidente é um dos formados pela Universidade de Chicago, berço liberal e que tem o ministro da Economia, Paulo Guedes, como um dos seus principais expoentes no Brasil.

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Brasil

Rolar para cima