Vaga no Supremo vira motivo de briga na família Bolsonaro

Não é só o meio jurídico que está em polvorosa com a vaga que será aberta no STF (Supremo Tribunal Federal) em julho, quando Marco Aurélio Mello se aposentar. Dentro da família do presidente Jair Bolsonaro, há uma disputa para saber quem vai influenciá-lo na escolha para o novo ministro da Corte.

A mulher, Michele, tem verdadeira adoração pelo advogado-geral da União, André Mendonça, por quem tem feito campanha. O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), o filho 01, por sua vez, tenta convencer o pai a nomear para na vaga o presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Humberto Martins.

Continue lendo

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Brasil

Rolar para cima