Forças ocultas mandam na prefeitura de Caicó, denuncia FAO

Em entrevista à imprensa caicoense nesta quarta (15), o ex-secretário de Finanças de Caicó, Francisco Oliveira (FAO), disparou que perdeu o controle da secretaria em junho de 2019.

Ao ser indagado sobre as dívidas milionárias da prefeitura com servidores e fornecedores, FAO deixou claro que a gestão não possui nenhum planejamento e controle. “O gabinete do prefeito está cheio de moleques que nada entendem de gestão pública”, declarou o ex-secretário.

Além disso, FAO revelou que forças ocultas comandam a prefeitura com mãos de ferro e que nem mesmo o prefeito possui autonomia. “Desde junho de 2019, quando exoneraram a tesoureira de minha confiança, não tive mais nenhum controle sobre as finanças do município. Os fornecedores deixaram de ser pagos por ordem cronológica e nem a senha do banco eu possuía”, conta.

FAO deixou claro que o prefeito Batata tem conhecimento da situação e nada faz. Da entrevista, muitas perguntas ficaram sem resposta. Quem são as forças ocultas que comandam a prefeitura? Os pagamentos deixaram de ser feitos cronologicamente para beneficiar os amigos das forças ocultas? Por que FAO, mesmo ciente de tudo, nunca denunciou e nem pediu exoneração?

O que ficou respondido é que Caicó é um verdadeiro barco à deriva e a gestão municipal está formada por homens que colocam os seus interesses particulares à frente dos interesses públicos, um verdadeiro tapa na cara do caicoense. Cadê o Ministério Público?

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Caicó

Rolar para cima