Getúlio Marques ameaça professores caso não retornem às escolas nesta segunda-feira

O professor Getúlio Marques, secretário de Educação, afirmou que vai tomar providências legais caso os professores da rede estadual não voltem aos seus locais de trabalho nesta segunda-feira (19). A ameaça foi dita em entrevista para rádio 91.9 FM, de Natal, em divergência com o interesse dos servidores de se comparecerem às escolas após tomar as duas doses contra o novo coronavírus.

O secretário afirmou que “caso a maioria dos professores entenda que não é hora de voltar nós vamos, como secretário, tomar as providências legais”, e completou “quem resolve esse tipo de questão é a Justiça, quando há divergência”. 

O que o Getúlio vai fazer com os professores? Cortar seus salários? Tirar seus pontos? Demitir os servidores?

O tom ameaçador do secretário insinua medidas administrativas contra os professores, e não apenas através da Justiça. Será que o secretário quer demitir os professores?

Vale lembrar que os servidores administrativos da Educação estão nas escolas desde o ano passado, apesar das aulas remotas serem aplicadas na rede estadual de ensino a partir de março de 2020.

O SINSP reitera que a vida de cada um dos servidores vale muito e que o governo não deve colocar em risco toda uma categoria e por consequência toda a comunidade, com a disseminação de um vírus que já causou mais de 539 mil mortes apenas no Brasil.

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Educação

Rolar para cima