Governador João Azevêdo oficializa proposta de 31,02% como reajuste para o piso do magistério e pagamento do 1/3 de férias agora em Janeiro

O governador da Paraiba, João Azevêdo se reuniu na tarde desta quarta-feira (19), na Granja Santana,  com representantes das diretorias da APLP – Associação dos Professores em Licenciatura Plena do Estado e do Sintep- Sindicato dos Trabalhadores da Educação. Na pauta do encontro o reajuste do governo do Estado ao piso do magistério estadual para este ano de 2022.

O encontro teve ainda as participações do secretário da Educação, professor Cláudio Furtado e auxiliares da área econômica do governo.

O governador ofereceu um aumento de 31,02% para ser pago já nos contracheques deste mês de janeiro. A proposta do governo do Estado foi apresentada diante da indefinição do governo federal, através do Ministério da Educação,  que ainda não oficializou o índice do reajuste do piso do magistério para este ano.

A reivindicação da Associação dos Professores em Licenciatura Plena é de 33,23%.

O governador João Azevêdo assumiu o compromisso com as representações dos professores,  que se o reajuste do governo federal for num percentual menor do que os 31,02% do governo estadual, o reajuste será mantido.

Caso o reajuste do governo federal for superior aos 31,02%,  o governo do estadual pagará a diferença nos contracheques do mês de fevereiro, com efeito retroativo a janeiro.

O governador João Azevêdo também anunciou o pagamento do benefício do 1/3 de férias agora em janeiro para todos os professores da rede estadual de ensino.

As diretorias da APLP e do Sintep se reúnem nesta quinta-feira para decidirem se acatam ou rejeitam  a proposta de reajuste para o piso do magistério apresentada pelo governo da Paraíba,  na tarde deste quarta-feira.

Fonte: Paraibanoticia

Gostou? Compartilhe...

Mais Sobre Educação

Rolar para cima