Fátima Bezerra estava certa. Prefeito Álvaro Dias recua da decisão de retomar aulas presenciais nas escolas privadas como recomendado pelo comitê científico

A prefeitura de Natal divulgou nesta quarta-feira (29) um comunicado suspendendo o retorno às aulas presenciais previstas para 10 de agosto, no caso das escolas particulares, e 14 de setembro, para os estudantes da rede municipal. As datas haviam sido anunciadas pelo prefeito Álvaro Dias (PSDB).

Segundo a nota da prefeitura, professores e gestores se manifestaram durante todo o dia preocupados com as possíveis consequências que a volta às aulas poderia ocasionar na saúde dos estudantes.

A prefeitura voltou a afirmar que a decisão de autorizar a volta das aulas presenciais foi tomada “com base em dados estatísticos e epidemiológicos, a princípio favorável do comitê científico municipal”. No entanto, o infectologista e membro do comitê científico municipal Fernando Suassuna afirmou à agência Saiba Mais pela manhã que o parecer do grupo sobre o tema não havia sido concluído.

A prefeitura de Natal disse ainda que segue acompanhando os dados epidemiológicos na cidade “e a definição de protocolos para a volta às atividades escolares”

NOTA À IMPRENSA


Em razão de solicitações que recebeu durante todo o dia de pais, professores e gestores preocupados com as possíveis consequências que a volta às aulas poderia ocasionar na saúde dos seus filhos e alunos, embora tenha tido um posicionamento, com base em dados estatísticos e epidemiológicos, a princípio favorável do comitê científico municipal, o prefeito Álvaro Dias, sensível aos apelos lhe foram dirigidos, decidiu postergar a definição da data de retorno das aulas presenciais.

Até lá, seguem em observação os dados epidemiológicos na cidade e a definição de protocolos para a volta às atividades escolares, sempre com a máxima preocupação com a preservação da vida humana, como tem sido pautada a atuação da Prefeitura no enfrentamento à Covid-19 desde o início da pandemia.

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Natal

Rolar para cima