PF diz que não achou nada contra vice-governador do Amazonas denunciado pela PGR

Vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida (PTB) foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por irregularidades na gestão da saúde no estado.

Autora da denúncia, a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo, segundo a Folha de S.Paulo, utilizou trechos de relatório elaborado pela Polícia Federal para acusar Almeida por organização criminosa.

Contudo, no documento, a PF afirmou não ter encontrado elementos contra o político, não promoveu o indiciamento dele e indicou que o responsável pelas irregularidades é o governador Wilson Lima (PSC).

Lindôra, que tem sido criticada por governadores por suposto alinhamento com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), disse que os principais servidores da secretaria de Saúde do Amazonas à época da compra dos respiradores “agiam sob ordens” de Almeida.

A subprocuradora usou mensagens de funcionários da pasta como exemplo da atuação do vice. A PF reforçou, por sua vez, que até o momento inexiste prova que indique a atuação dolosa.

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Policial

Rolar para cima