Presidente do PTB de Pernambuco pede abertura de processo disciplinar contra Wilson Santiago e outro deputado federal

O presidente estadual do PTB de Pernambuco, coronel Meira, pediu, na quinta-feira (06), a abertura de processo disciplinar contra os deputados Wilson Santiago (PTB-PB) e de Maurício   Dziedricki (PTB/RS). O pedido foi encaminhado à Executiva Nacional da legenda. 

Para coronel Meira (PTB-PE), alguns parlamentares têm defendido bandeiras “escusas às orientações Estatutárias do PTB Nacional”. Além disso, disse que a legenda é “um partido conservador que vem travando grandes batalhas em favor da moralização política no Brasil; não dá para manter nos quadros do PTB, pessoas que jogam contra as nossas bandeiras”. 

Segundo informações, o pedido de afastamento ocorreu em virtude do ocorrido no dia 05 de maio, quando na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) foi apresentado o substitutivo ao Projeto de Lei de nº 4754/16, que tipifica como crime de responsabilidade, a usurpação de poderes do Congresso Nacional. 

“Os deputados Wilson Santiago Filho registrou presença na CCJC e não votou, enquanto que o deputado Maurício Dzedricki não foi à comissão, mas estava no plenário da Câmara Federal: com as ausências, o PTB não teve voto e o substitutivo foi rejeitado”, concluiu.

ClickPB*

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Sobre Politica

Rolar para cima