Papa Francisco decreta regras contra a corrupção para funcionários

Papa Francisco publicou, nesta quinta-feira (29), novas regras de conduta para os funcionários da Santa Sé.

A partir do cargo de gerente, eles terão que garantir que nunca foram condenados e não são investigados por fraudecorrupção, lavagem de dinheiro, evasão de impostos e exploração de trabalho infantil.

Os funcionários não podem ter dinheiro em paraísos fiscais, nem ações em empresas contrárias às doutrinas da Igreja.

Os profissionais que atuam na cúria de Roma ou no Vaticano estão proibídos de aceitar presentes de mais de 40 euros.

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Religião

Rolar para cima